ESADR 2013
eventos

Official Carrier              
TAP
Código Promoção/Congresso
IT13TPCG33
               

comunicações / painéis temáticos


P23 - Energia e Ambiente: Uso, avaliação económica e políticas na Agricultura

Coordenadores
Rui Junqueira Lopes
 (UE)  rjlopes@uevora.pt
Carlos Marques
 (UE / CEFAGE)  cmarques@uevora.pt
Rui Fragoso
 (UE / CEFAGE)  rfragoso@uevora.pt

Comunicações em português e inglês; sessão poderá decorrer em qualquer uma das línguas.

Um dos nossos principais desafios continua a ser o de sermos capazes de alimentar o mundo com mais população, mais desenvolvida e recursos naturais finitos. A agricultura e os agricultores desempenham a função fundamental de produção de alimentos para as populações. Simultaneamente, para além da segurança de abastecimento alimentar, pela relação que têm as suas actividades com o território e os recursos naturais, têm um papel primordial no impacto ambiental que as actividades têm nos solos, na água, no ar e no potencial contributo de oferecer outros bens públicos para a estabilidade climática, a biodiversidade, a preservação da paisagem e o ordenamento, o despovoamento e a desertificação das áreas rurais.

Eficiência e sustentabilidade da produção de alimentos são por essa razão aspectos chave para enfrentar esse desafio. Eficiência implica produzir mais alimentos por unidade de recurso utilizada, em termos agregados e por recurso, nomeadamente solo e água (capital natural), trabalho (capital humano) e outros factores, sementes, adubos, fitofármacos, maquinas e equipamentos, combustíveis e lubrificantes, electricidade, instalações (capital tecnológico). Sustentabilidade requer a manutenção do stock de capital natural ou seja dos recursos ambientais renováveis disponível para gerações futuras. A energia pode ser um denominador comum para agregar os recursos utilizados na produção agrícola. A sua utilização está, também, muito ligada ao impacto ambiental que pode ter nos recursos naturais.

As políticas públicas podem ter um efeito considerável na orientação e utilização dos recursos. Na Europa, a Política Agrícola Comum (PAC) representa uma importante contribuição para o rendimento dos agricultores e tem, sucessivamente, sido justificada pela sua contribuição em termos de produção de bens públicos. Prosseguir e avaliar os efeitos de medidas de política e alternativas que estabeleçam formas adequadas de assegurar a oferta de alimentos, a principal função da agricultura, e de internalizar as suas externalidades positivas, requer a avaliação dos usos e impactos potenciais ou efectivos nos recursos naturais e no ambiente.

Este painel tem por objectivo convocar os investigadores a submeter e apresentar artigos para divulgação e discussão de estudos, de metodologias e de resultados empíricos sobre energia e ambiente na agricultura, a sua relação com os resultados económicos e as políticas que orientam a tomada de decisões dos agentes para objectivos públicos.


anterior | seguinte

Patrocinam o ESADR 2013
              patrocinaram o ESADR 2013



LIVRO DE ATAS DISPONÍVEL

atas





Parceiros      
apdeaspersoberapdr
    CONTACTOS

      Para mais informações sobre a conferência escreva       para ESADR2013, ou contacte qualquer membro da       Comissão Organizadora.

english version o evento visite-nos no facebook